Total de visualizações de página

quinta-feira, 11 de março de 2010

Sentei numa nuvem de algodão que...

Me perguntou:
Afinal... O que é emoção?
Poderia definir esta pergunta em muitas respostas, resultando-me em outros pontos de interrogação.
Vamos comigo então, neste imenso céu , partir para algo da amplitude da emoção!
Em aspas, emoção é sentimento
catavento
no meio da multidão
É a luz na escuridão
É sensação de retalhos do coração
É reconhecer que após o limite já não é mais limitação
Emoção com cores
vermelho e azul marinho
pode revelar-te uma paixão
Cinza, amarelo queimado
o tempo ficará nublado
Mas se forem azul claro branco
revelar-te-a o amor numa canção
Co...ra...ção

quarta-feira, 10 de março de 2010

Saudades

Saudades e vontades
Que saudade que me deu...

Saudade do colo teu
Teu colo que é tão meu
Acomoda tão bem toda a minha inquietude.

Saudade do teu abraço
Melhor lugar onde me desfaço
E viro criança insegura e carente.

Saudade do teu carinho
Dos teus passos no meu caminho
Do teu sorriso enchendo a sala.

Saudade de que me pegues pela mão
Me indiques a direção
Não deixando que me sinta sozinha.

Saudade de todas as companhias
Dividindo tantas alegrias
Amparando as desilusões.

Saudade do meu coração feliz
Mesmo estando onde sempre quis
Bate nostálgico e melancólico.

Saudade da convicção que eu sentia
Dos sonhos que eu tinha
Da vida que se foi.

Que vontade que me deu...

Vontade de jogar tudo pro alto
Botar o pé no asfalto
Rumo à incerteza.

Vontade de pular alguns anos
Alterar alguns planos
E depois me arrepender.

Vontade de me perder completamente
Ser dada como demente
Só pra fazer as pazes com a sanidade.

Vontade de apagar o pouco que sei
Acertar onde eu errei
Recuperar as possibilidades que se perderam.

Vontade de te abraçar bem forte
Não te entregar nem pra morte
Ao menos que ela também me carregasse.

Vontade de ouvir a tua voz
Driblar o destino algoz
E voar de volta pro meu ninho.

Vontade de desligar a cabeça
E esperar que a vida aconteça
Transformando o que hoje é vontade
Em lembrança que amanhã deixa saudade.
(Autor Desconhecido)

segunda-feira, 8 de março de 2010

Educação para a vida


Conviver com a realidade da educação é sem dúvida alguma, reconhecer a identidade humana do presente e futuro. Esta realidade permeia desde os tempos passados em que de forma tradicional os alunos eram submetidos para serem apenas recptores das disciplinas da educação.
Porém, o ato de educar é mediar para um trasmissor e receptor do conhecimento toda forma de aprendizagem e que esta seja sempre vinculada no sentido de apreender, de transformar. 
Ser professor é trabalhar principalmente com a formação humana, com o futuro. Mas antes, este deve ser humano com ele próprio.
Pensamos então, após esse vídeo, num sentido mais amplo da diversidade das gerações e dos dias atuais.

domingo, 7 de março de 2010

Ato

Todos pensam.. mas, nem todos mudam.