Total de visualizações de página

terça-feira, 13 de abril de 2010

Página

Virei a página e não me sinto como antes lhe escrevia
Sinto sua ausência que me extasia
Você foi fruto de um sonho que meu coração mais temia
Conheci o amor em pétalas
E com você acabei sozinha
Hoje, sem ti pensar meu coração anseia
Quero perder-te nos meus versos em noite de lua cheia
Agora me despesso amor como antes lhe escrevia
Você sorriu pra mim
meu coração a ti queria.

Pois é

Novos versos quero proclamar
Na longitude da vida o futuro engana
Acreditar no hoje é viver o amanhã de cada dia
É nesse ritmo de novos versos
que meu coração contagia.