Total de visualizações de página

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Por aí

Se incomodar com o que incomoda
deixar de ser e acabar não sendo mais
Ficar e ausentar
Apaixonar é inebriar

Feliz daquele que enxerga as coisas...
Simples coisas da vida
sem reclamar,
sem se alterar,
sem se incomodar,
com o que incomoda

Fugaz é aquele que vive da superficialidade!
Voraz é aquele que luta mesmo sem saber o certo onde chegar
porque sabe que o incerto é bem ali:
nos sonhos,
nos avessos,
na construção diária se si.

terça-feira, 2 de junho de 2015

E hoje respirei assim...

RRummm... rraaa
RRummm.... rraaa
Inspirar
Expirar
O ar que entra não é o mesmo que sai
Corre , passa, corre, passa,
Corre, corre
Vida corre
Sem parar
Sem parar
Passa a vida
Corre
Corre
E o Eu?
Corre sem notar
Corre
Passa
Preso às peças que a vida coloca
Escolhas são feitas
Sem serem desfeitas
Corre
Vida
Passa
Passou.


segunda-feira, 25 de maio de 2015

sábado, 23 de maio de 2015

sábado, 18 de abril de 2015

O dia

E hoje o dia amanheceu colorido...

Em busca de novos gestos.

quinta-feira, 9 de abril de 2015

quinta-feira, 26 de março de 2015

Faz entender


Viajar


Viajar porque a vida é uma descoberta
Viajar porque a música me permite ir além
Viajar, simplesmente viajar.
O encontro do eu acontece quando menos esperamos.
Por caminhos de arbustos me encontro
Buscando o Eu
Encontrando o que há muito tempo estava sob medida
dentro do peito
como uma borboleta escondida.
Hoje viajo para dentro dos meus sonhos
encontro a paz
a luz
o permitir
na minha música.

sábado, 21 de março de 2015

quarta-feira, 4 de março de 2015

sábado, 14 de fevereiro de 2015

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Para ele

Meu amor
Meu docinho
Luz dos meus olhos
presente de Deus.

Meu amor para ele
é do tamanho do universo.

Amor é cuidado,
é zelo
é agrado.

Amor sem medidas
nessas linhas contidas.

Cada pulso do meu coração
com ele é uma emoção.

Longe do meu amor
jamais ficarei.

Deus nos uniu
e nesse amor vivemos.

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

A ânsia de uma alma azul

Para certas escolhas rumos diferentes começam a surgir nos pensamentos. Viver na acomodação, na mesmice não era para ela. 
Um dia aquela menina tímida, que amava roda gigante, que brincava de tocar piano com os dedos resolve dar uma revolução em sua vida. Como se fosse o final de um ciclo, e para que ela continuasse a trabalhar pela sua existência no mundo do conhecimento, decidiu começar do zero.
 Sim, do zero, porque faz parte da vida e é lindo quando a alma cansa de realizar sempre os mesmos caminhos e de viver no âmbito da enganação de si mesmo.
Neste momento ela pensa, coloca na balança suas vontades de mudança, o coração suspira, o peito sufoca, borboletas no esôfago... É assim que ela sente. 
Mas nem tudo é como ela quer, nem todas as escolhas podemos realizar.
Não, não, não!
O que ela quer?
Quer vida, quer sentido para a própria existência.

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Ano Novo

Ano novo
tudo novo
Novos desafios
novas escolhas
nova vida.
Tudo novo
de
novo.